Os encontros musicais de Itamar e Tetê

A cantora e o compositor gravaram juntos duas vezes. Em uma delas, homenagearam Ary Barroso

Tetê nasceu em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Itamar era de uma cidade do interior de São Paulo, Tietê, mas se identificou mesmo com a capital paulista, sobretudo com a periferia. A arte dos dois artistas encontraram, na década de 80, um lugar em comum de ressonância: o Teatro do Lira Paulistana.

No pequeno porão por onde passaram as mais diversas manifestações culturais da época, Tetê e Itamar se apresentaram por diversas vezes. Depois, se encontraram outras tantas pelos palcos da vida.

Em gravações, Tetê e Itamar uniram as vozes por duas vezes. A primeira foi no disco Bicho de sete cabeças – volume 2, de Itamar, lançado em 1993. Juntos, cantaram Noite torta.

Um ano depois, Tetê e Itamar se encontraram novamente em estúdio para, dessa vez, gravar um dueto na música Boneca de Piche, no songbook em homenagem ao compositor mineiro Ary Barroso. A música foi composta por Ary em parceria com Luiz Iglésias, na década de 30, para uma peça do teatro de revista. A gravação original traz Carmem Miranda e Almirante.

Vale a pena ouvir!

Comentários

comentários

One thought on “Os encontros musicais de Itamar e Tetê

  1. Pingback: Curiosidade: Arrigo nunca fez show no Lira | Lira Paulistana e a vanguarda paulista

Comments are closed.